[Artigo Oficial] Uma Noite Cheia de Mistérios!

[Artigo Oficial] Uma Noite Cheia de Mistérios!

[Artigo Oficial] Uma Noite Cheia de Mistérios!

0 comments 📅13 setembro 2016, 11:58

“Fico feliz porque você pôde vir a esta hora, Amaro! Entre, entre, entre!”

Spectulus parecia mais despenteado do que o habitual e as olheiras sob os olhos estavam maiores. Ele freneticamente mostrava ao seu amigo Amaro de Quester o seu estudo, que também servia como um quarto de dormir – e foi uma bagunça terrível. Amaro sentou-se na única cadeira disponível, o chão, enquanto Spectulus jogou-se em sua cama que foi enterrada sob uma pilha gigantesca de páginas rasgadas, notas rabiscadas e copos vazios com manchas de cacau.

Sabendo peculiaridades de seu amigo melhor do que ninguém, Amaro esperou pacientemente por Spectulus até chegar ao ponto de chamá-lo no meio da noite.

“Eu corri por um beco sem saída no meu último projeto e isso está me deixando louco! Eu refiz todos os meus cálculos diversas vezes, e passei os últimos quatro dias e noites tentando entender por que a minha experiência não funciona, apesar de tudo estar sendo feito corretamente. Isto não faz qualquer sentido!!! E agora ele me pegou em um ciclo vicioso: Como posso superar este desafio se o sono me ilude como o pequeno pedaço inevitável de casca em um ovo quebrado? E como posso cair no sono, se eu não consigo descobrir o que esta errado com essa experiência!”

“E o que você quer que eu faça, Spectulus?”

“Essa manhã, um dos meus assistentes divagava sobre uma misteriosa porta no fundo de Banuta e quais segredos podiam estar por trás e que alguém passou aquela porta e bla bla bla… Mas! Toda essa baboseira me fez adormecer. Finalmente!!! Os primeiros minutos de sono desde que fiquei preso na minha experiência. Você sabe que praticamente tudo além da pesquisa prática e experimental me aborrece até a morte. E uma vez que a morte e sono são meio que irmãos, me veio a cabeça um pensamento brilhante: você está sempre me incomodando sobre eu não mostrar qualquer interesse em seus contos de fadas tibianas. Aqui está sua chance! Vá em frente, diga-me algumas dessas lendas fabulosas que intrigam tanto para que eu possa finalmente ter uma boa noite de sono.”

“Tudo bem. Vindo de você, isso é o mais próximo de um convite amigável, como eu nunca vou ter um, deixe-me apresentar-lhe os maiores mistérios não resolvidos que foram cativando as pessoas por gerações…”

“Poderia ser um pouco menos dramático sobre isso, Amaro? Eu quero que você me embale no sono, não na morte, você mente, então não exagere!”

Inabalável e firme, Amaro continuou: “Há tantas histórias e rumores sobre quests não resolvidas, itens lendários, lugares secretos e inacessíveis em nosso mundo que só posso falar esta noite.

Meus esforços para descobrir a verdade por trás dos contos fantásticos começou na minha infância. Todas as crianças admiravam o Avar Tar naquela época, ele era o nosso maior herói sword_of_fury_gonedepois que se apoderou de sua velha espada, a lendária Sword of Fury, era o material que os nossos sonhos foram feitos.

Inúmeras vezes eu me aventurei em explorar Rookgaard por todas as direções na esperança de encontrar pistas sobre como alcançar essa espada. A propósito, minhas habilidades de fazer bolo começaram a partir deste momento. Eu era viciado na ideia de que eu poderia ser capaz de fazer um bolo delicioso o suficiente para convencer o mago em baixo da Minotaur Hell a me permitir perturbá-lo. Após inúmeras tentativas sem sucesso, eu desisti. Eu tinha dúvidas de que o mago poderia me trazer de fato mais perto da espada, e isso tinha criado raízes em minha mente. Assim, eu também parei em um caminho quando estava na busca, ficava pertode um minotauro solitário na montanha norte de Rookgaard. Até então, eu tinha certeza de que ele poderia me fornecer a receita para um bolo perfeito, mas pensando sobre isso agora, essa ideia parece um pouco infantil para mim.

No entanto, os esforços para descobrir uma maneira de chegar à ilha onde a Sword of Fury está localizada não parou por aí. Eu tinha ouvido rumores de que a loucura de Loui foi um resultado de ele tentar tocar a espada, mas não ser humilde o suficiente. Infelizmente, eu não fui capaz de ver qualquer sentido no seu discurso. Monstros coelhos? Isso foi demais até para o meu gosto! Então, eu continuei olhando para a espada de longe, na esperança de descobrir o que realmente é ser humilde. Às vezes, a espada desaparecia do nada e voltava no lugar no dia seguinte. Se eu tivesse sido um nadador melhor naquela época!

bonelord_sof

Anos mais tarde, durante uma das minhas visitas à biblioteca do Hellgate, uma ideia estranha me atingiu como um Thunder Hammer. 486486, ou podemos chamá-lo de Wrinkled Bonelord já que ele não pode nos ouvir aqui, era tão relutante para compartilhar os segredos por trás 469 comigo – mais um daqueles grandes mistérios. Enquanto ele estava falando sobre a inferioridade dos seres humanos, ocorreu-me que um Bonelord provavelmente flutua perfeitamente na água, e que ele poderia facilmente nadar para a direita até a ilha!

Infelizmente, eu não tive coragem de pedir-lhe para me fazer este favor pois eu temia que ele poderia atacar-me para fora do local.

Então eu decidi me dedicar a outra aventura. Eu me perdi no calabouço do deserto de Jakundaf. Até hoje, o lugar é um grande enigma para mim. Eu continuo a voltar lá uma vez ou outra; é tão cheio de memórias, cheio de enigmas, cheios de todas as coisas que eu amo sobre aventuras e exploração.

Oh, todas as músicas que eu cantei para conquistar o coração dessa Banshee! Eu até usei meus panpipes para jogar um lamento por Othmor uma vez, porque eu pensava que eles poderiam ter sido amantes. Aparentemente não, uma vez que nem moveu a alavanca e nem abaixou o nível de água do lago Amros.

desert_banshee_smalldesert_dragons

É uma pena que você tenha desistido de trabalhar nestas asas de vela, Spectulus. Bem, acho que as Boots of Waterwalking ainda são a minha melhor aposta para alcançar essa ilha no meio do lago. E há também a área de dragões selada perto de onde eu encontrei minha spike sword. Alguém me contou como abaixar o portão, mas o meu magma crawler se recusa a atravessar a lava. Quem sabe o que os dragões estão guardando lá!

excalibugTalvez a Excalibug, uma das grandes armas lendárias. Alguns dizem que foi um presente dos deuses para Banor. Assim, ela só pode ser empunhada na luta contra os servos do mal, por aqueles leais a Banor. Outros acreditam que ela foi forjada pelos reis anões com um metal mágico que Ciclopes, uma vez encontraram no coração de uma estrela cadente.

Durante minhas viagens ao redor Tibia, já ouvi tantos rumores sobre onde Excalibug pode estar. Essa espada inacessível eu descobri na Pits of Inferno… poderia ser Excalibug? Não tenho certeza. Escondido na Treasure Island? Parece muito óbvio. Abaixo do oceano? Ele pode ficar mais clichê que isso? Pergunto-me se todo o rum em Liberty Bay é o culpado por isso.

Passei semanas em baixo das Formorgar Mines graças a minha fé cega na ‘informações confirmadas’ de Bertha sobre o paradeiro de Excalibug. Bem, ela mentiu para mim, isso é muito claro agora.
Depois, há aqueles que dizem que ela está escondida em algum lugar sob as areias escaldantes do deserto de Darama, mas outros afirmam que não pode ser encontrada nesse continente. Eu posso dizer que eu ainda não descobri nenhuma tábua de pedra que cite Excalibug em Banuta. Então, eu estou mais inclinado a acreditar nos meus amigos anões. Considerando todas as coisas que eu já vi e ouvi no Jolly Axeman, a história do primo do vizinho da mãe de Swolt soa bastante convincente para mim: Excalibug está escondida sob o manto escuro de um estranho… quem ele poderia ter sido? Onde ele foi? Ghostlands está definitivamente fora da minha lista. Quer dizer, em quem confiar se não em um anão da Molten Rock, Jawoll?

Edron é outro candidato que não descartamos ainda. E, claro, as Plains of Havoc! Este lugar está implorando para esconder uma arma tão antiga. Assim que Avar Tar tiver a certeza que o nosso mundo está salvo, eu vou acompanhá-lo em sua expedição ao cofre dos Nightmare Knights.excalibug2
Até então, eu vou mergulhar mais fundo em entomologia. Eu acho que pode estar em qualquer coisa aqui… e se Excalibug é na verdade uma criatura, um tipo especial de bug?

Oh Amaro, mesmo Bozo não é tolo o suficiente para acreditar que Excalibug é real!

Só você esperar para ver, Excalibug vai renascer na chama de um dia de justiça! Mesmo se não, ainda há a warlord sword, outra arma lendária para sonhar. Este sempre manteve o boato, mas a maioria das histórias terminam com os deuses destruindo a espada. Então, você precisa ter cuidado para não derrubar a ira dos deuses em cima de você.

basilisk_warlord_small

Quando eu era mais jovem, alguém me disse que o Sweaty Cyclops Bencthyclthrtrprr estaria disposto a negociar uma warlord sword por 100 peças de ferro. Seguir essa ideia certamente me ajudou a entrar em forma, mas eu ainda estou esperando por essa warlord sword. Aposto que o Basilisk assustaria Big Ben forçando a entregá-la.
Essa serpente parece tão inofensiva à primeira vista, mas o seu olhar de pedra atinge terror nos corações de muitos. Meus amigos anões temem essa besta mesmo após conseguirem prendê-la em uma caverna. Tentei falar com eles para se livrarem da sorrateira criatura, mas sem sucesso até agora. Eu mesmo comecei a procurar pelas minas por qualquer daqueles rumores de ovos de Basilisk.

Uma coisa é clara: Eu não posso permitir que esses anões renegados ganhem o controle sobre ela. Ouvi recentemente alguns aventureiros falando ter atingido o Basilisk através de Dwacatra. Um deles até insistiu que a Serpentine Tower detém a chave para resolver todos os mistérios de uma só vez. Mas essa é uma história para outra noite ou dia.

Como a primeira luz do amanhecer começou a esgueirar-se em seu caminho para o quarto, Amaro ouvia Spectulus suavemente murmurando em seu sono: minha… experiência… derreter o bolo de creme em um… banho chocolate-quente… não… triturar duas bananas… ou três?… vamos torná-lo quatro… agitar as… ervas…

Amaro calmamente levantou-se e olhou pela janela para o horizonte iluminando: “Enquanto essas lendas inspirarem as pessoas a fazer grandes feitos, elas devem ser recontadas, meu caro amigo!”

E aí, curtiu o artigo do mês? Compartilhe com seus amigos, quem sabe eles não desvendam algum mistério!

Sem comentários

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a
escrever um comentário